Mostrando postagens com marcador Top. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Top. Mostrar todas as postagens

Top 5: As melhores mães da ficção

maio 09, 2016
Top
SÓ QUE NÃO
Olá, pessoas!
Ontem foi o famigerado dia das mães. Várias florzinhas no Facebook, várias fotos de mães, das sogronas qqqq, e homenagens e tudo mais; e eu não poderia deixar de fazer um post sobre esses seres que fazem os filhos tão felizes (mas as vezes dão raiva, né?).

Okay, admito que essa não será uma homenagem convencional, já que as mães que ilustrarão este post não são as mais exemplares do mundo. rs Vou listar as melhores mães da ficção no quesito em ser pior.

Pamela Voorhees

Filme: Sexta-Feira 13
Eu não poderia deixar esta mãe de fora, né? Além de ser a mãe que ilustra várias homenagens no Facebook (pelo menos das páginas que eu sigo uheuhoauehi) ela é um exemplo de mãe. Aquela que fez tudo pelo seu filho, inclusive matar. Não vou dar detalhes da história, mas se não fosse de uma história de terror seria facilmente uma história de drama que envolve bullying. É triste, cara. Pamela, continue sendo essa mãe maravilhosa onde quer que você esteja. ♥

Laurie Garvey

Série: The Leftovers
Essa é a verdadeira loka varrida. Okay, não tanto. Mas pra quem não sabe a premissa de The Leftovers é que algumas pessoas sumiram do planeta (assim, do nada) e ai a série conta a história das pessoas que ficaram para trás. Após esse acontecimento Laurie resolve se juntar a uma seita (eu não lembro o nome exato que é usado na série, faz um tempo que assisti) e abandona toda a sua família. Essas pessoas não podem ter contato com seus amigos, familiares e nada do tipo além de fazerem voto de silencio. A família de Laurie vai se destruindo após a decisão da mulher. Sério, da bastante dó do que acontece com seus filhos e do quanto a ausência da mãe afeta eles.

As mães das Pretty Little Liars

Série: Pretty Little Liars
Eu acho que se existisse uma categoria no Oscar para as piores mães estas com certeza ganhariam. Sim, as cinco. Não existe mães piores que elas nesse mundo. As filhas tão lá passando por várias coisas e elas ou não sabem de nada (QUE MÃE QUE NÃO NOTA O QUE TEM ERRADO COM OS FILHOS?) ou quando sabem quer tentar ajudar e faz mais merda. Às vezes seria melhor se aquelas meninas fossem órfãs, viu? 

Senhora Bennet

Livro/filme: Orgulho & Preconceito
Okay, eu sei que essa muita gente vai discordar. Mas vamos combinar que a Senhora Bennet dá nos nervos, né? rs Essa fixação com casamento, fortunas e tudo mais irrita um pouco; mas sei que no fundo ela só quer o melhor para as filhas mesmo quando uma delas tem que casar com um ser tão horrível quanto o Sr Wickham.

Diane Janssen

Série: Lost
Essa mãe... Ah! Meus queridos. O que falar dessa mãe? Sabe aquela frase que toda ação tem uma reação? É mais ou menos assim que acontece com a mãe de Kate, da série Lost. Não sei se é de conhecimento de todos que Kate é uma fugitiva da policia e podemos dizer que parte da culpa é de sua própria mãe. Kate demonstrou tanto amor por sua mãe enquanto esta só tinha pensamentos para o pedaço de piru que lhe dava uns tapas na cara de vez em quando. Pois é... Mas é vida que segue.

Mas nem só de mães ruins este post é feito. Resolvi deixar aqui um ♥ para uma mãe super mãezona que representa muito as mães do mundo e não só de uma família americana. 

Frankie Heck

Série: The Middle
Eu amo The Middle. É uma série que eu consigo amar todos os personagens, rir com todos eles e as vezes passar raiva também; Mas o fato é: os personagens representam bem uma família. Não sei dizer se todos os tipos de família, mas com certeza aquelas caracteristicas mais básicas de uma família e Frankie é a personificação perfeita de uma mãe, com todas as suas alegrias, tristezas, sonhos e decepções. Diversas vezes assistindo a série eu vi um pouco da minha própria mãe na personagem e acredito que seja isso que a deixa ser uma personagem tão real.

Então foi isso, galera. O que acharam?
Conheciam as personagens? Tirando a Pamela eu deixei as mais obvias de lado, pois né... Vamos apresentar novos personagens para os expectadores. Eu pensei em fazer da literatura, mas as que mais me marcaram foram do cinema e da tv, então deixei essas de lado. Enfim... :)
Feliz dia das mães atrasado para as mamães que lêem este blog. ♥

Beeeijos. 

Top 5 - Episódios favoritos de Friends

março 16, 2016
Top

Êeeee, que vai ter Friends aqui e se reclamar faço uma semana especial de Friends. IUAHUHOAUAHIAH mentira. verdade. mentira. talvez. verdade. -q

Não é segredo que eu amo Friends, mesmo que tenha começado assistir um pouco tarde logo a série se tornou uma das minhas favoritas. Vou listar por aqui quais são meus 5 episódios favoritos e não foi fácil escolher. D: Acabei optando por aqueles que mais me marcaram na cabeça.

#5 - The one with the baby on the bus

Eu adoro esse episódio por motivos de: Joey, Chandler e um bebê. ♥ haha
Mônica tem que ir ao hospital com Mônica e então não tem mais ninguém disponivel para cuidar do bebê. O coitado acaba ficando com os dois que usam o garoto para ~conquistar~ mulheres nas ruas. Tudo que envolve Joey e Chandler juntos é engraçado, então eu acabo sempre me divertindo demais neste episódio.

#4 - The one with pediatrician

Eu adoro Paul Rudd desde que assisti I Love you, Man. Como nessa época eu ainda não assistia Friends eu nem sabia que ele havia participado da série. Quando o vi pela primeira vez fiquei tipo OMG é Paul Rudd ♥ e esse episódio é o primeiro em que ele aparece e então a mágica toda acontece. Quem já assistiu sabe o que acontece no decorrer dos episódios (e da temporada seguinte). Aliás, tem um episódio que envolve Paul Rudd que me emociona muito SEMPRE, mas não coloquei ele na lista pois seria um possível spoiler (vai que alguém ai pretende assistir, né?!). 


#3 - The one with all the Thanksgivings

Episódios com flashbacks sempre são amorzinhos (e engraçados). Este não é diferente. Depois do jantar de Ação de Graças eles resolvem compartilhar suas piores experiencias no dia de Ação de Graças e então podemos ver passado de Rachel, Mônica, Ross e Chandler na casa dos Geller. 

#2 - The one Where Paul's the man

Eu gosto desse episódio pois além de ter Bruce Willis sendo uma máquina do amor tem também a primeira parte da cadeia de eventos que gerou o pedido de casamento de Chandler. E esse pedido é um dos pedidos mais lindos de todas as séries do mundo, superando até aquele pedido maravilhoso que Barney fez para Robin em HIMYM. 

#1 - The one with all the Cheesecakes

Tem muitos eps que fazem referencia a comida e eu amo isso ♥ mas esse do cheesecake é tipo o melhor. Adoro a última cena em que eles estão comendo o cheesecake do chão e Joey chega UHAHAUIOHUi eu sempre rio tanto. E super me identifico com Joey e seu bordão maravilhoso.

---------------------------------------------------------------
Bom, aqui listei só cinco eps que eu adoro, mas acho que na verdade não tem ep que eu não gosto dessa série. Tô sempre revendo um outro por na hora da janta e super digo para quem nunca assistir: Assista. Melhor sitcon de todos os tempos. 

PS do amor: Obrigada a Nathi por ter me ajudado com os episódios, já que ela é tãaao mais viciada em Friends do que eu que lembrava bem as temporadas de cada episódio com o que eu descrevi. ♥

Top 5: Séries favoritas

fevereiro 26, 2016
Top

Se tem uma coisa que eu adoro é série de tv. Antes de descobrir os livros de verdade eu era uma viciada em séries e fazia maratonas e mais maratonas. Hoje em dia tentando dividir meu tempo entre séries, livros e internet eu acabo deixando muita coisa passar e sempre fico atrasada nas que estão sendo exibidas até mesmo optando por assistir quando todos (ou grande parte) dos episódios já tenha sido lançados. Enfim, hoje vou contar para vocês quais são as minhas séries favoritas da vida inteira (afinal, sempre tem aquelas favoritas do momento).

5 - Pretty Little Liars

Infelizmente eu não posso evitar amar a famigerada Maldosas (risos com essa tradução). Eu gosto do mistério que envolve -A (mesmo que agora -A já tenha sido revelada e eu não esteja assistindo ainda a segunda parte da temporada). Acho que para uma série adolescente acontecem algumas coisas maduras demais, mesmo que algumas também sejam bobas. Mas enfim, independente do final que a série ter com certeza PLL eu irei ver novamente em algum outro momento e vou sempre amar 

4 - Supernatural
SPN é uma série que tem muitos haters, mas também muitos lovers e eu sou uma dessas. Tive meus momentos de concordar que a série estava se prolongando demais com episódios chatos e temporadas que cansavam bastante mas eu curti muito a 10ª temporada e em breve vou fazer uma maratona da 11ª. Essa é a série mais antiga, ainda ativa, que eu acompanho. Este ano fará 10 anos que assisto e sinceramente não me importaria em assistir por mais uns 10 anos. rs

3 - The Walking Dead

Eu comecei assistir TWD sem muita vontade. Acho que na época da estréia vi muitas pessoas falando sobre ela e acabei sendo vencida pela curiosidade e deu no que deu. Passei a gostar tanto da série que li cerca de 90 edições da HQ em que a série se baseia e dos livros lançados até o momento li apenas dois (preciso me atualizar logo). Ainda não assisti ao spinoff mas é só questão de tempo.

2 - Friends
O que falar de Friends? É o tipo de série que da para assistir sempre e nunca se cansar. Por mais que seu último episódio tenha sido exibido há quase 12 (?) anos a série ainda se mantém atual e cada vez conquista mais e mais fãs. Sinceramente, quem odeia Friends boa pessoa não é. rs

1 - Lost
Como não amar Lost? Realmente não sei, já que eu amo tanto. Sei que é uma série que muita gente fala mal (e a maioria nem assistiu ou se assistiu foram episódios aleatórios e por isso não entenderam nada), mas na boa... Se você não conhece dê uma chance. São 6 temporadas e, claro, tem aqueles momentos que da vontade de desistir e jogar todos os eps baixados na lixeira mas vale a pena persistir até o último episódio (que inclusive me faz chorar sempre que vejo). Eu amo Lost. Para mim é uma das melhores séries já feitas e eu também amo o final. HAHA

Enfim, essas são as minhas favoritas da vida. Quais são as suas? Só não me indique séries, pelo amor de deus que a lista de séries para colocar em dia tá gigante hahaha

Beijos.

Mês do Horror: Filmes de Terror que eu amo | Top 5

outubro 14, 2015
Top
Se tem uma coisa que eu adoro é filme de terror (e eu acabo englobando junto nessa maçaroca horror, thriller e qualquer outro que possa se encaixar). Eu sou um pouco ruim para definir muito bem e pontuar as diferenças e como a maioria dos filmes que eu vi era muito criança então achava que era tudo terror e pronto. Enfim, aproveitando o mês do horror vou falar para vocês quais são os meus favoritos que eu assisto cinco, seis, quinze vezes e não me canso.

TOP 5: Filmes distópicos que eu amo

setembro 14, 2015
Top


Não é de hoje que eu falo para todos que distopia é o meu gênero literário favorito. Acho que esse amor todo aconteceu pois acabei passando a me envolver mais com os livros através de uma distopia (Estilhaça-Me). Mas o que eu sempre fui ignorante antes de começar a pontuar gênero para as coisas é na quantidade de filmes distópicos que eu gosto e já gostava antes mesmo de começar a ler livros do gênero. Então agora vou falar para vocês quais são os meus filmes distópicos favoritos! <3



Minority Report - A Nova Lei (2002)

Esse foi um dos primeiros filmes do gênero que assisti na vida e até algum tempo atrás eu nunca pensado nele como uma distopia, até o momento que o assisti novamente e o achei incrível.
Sinopse: Washington, 2054. O assassinato foi banido, pois há a divisão pré-crime, um setor da polícia onde futuro é visualizado através de paranormais, os precogs, e o culpado é punido antes do crime ter sido cometido. Quando os três precogs, que só trabalham juntos e flutuam conectados em um tanque de fluido nutriente, têm uma visão, o nome da vítima aparece escrito em uma pequena esfera e em outra esfera está o nome do culpado. Também surgem imagens do crime e a hora exata em que acontecerá. Estas informações são fornecidas para um elite de policiais, que tentam descobrir onde será o assassinato, mas há um dilema: se alguém é preso antes de cometer o crime pode esta pessoa ser acusada de assassinato, pois o que motivou sua prisão nunca aconteceu?



O Preço do Amanhã é um filme recente com um elenco duvidoso. Demorei algum tempo até finalmente assisti-lo por não gostar da maioria dos atores que fazem parte do elenco mas acabei batendo com a cara na parede quando o filme terminou. Achei a história muito bacana e acabou se tornando um dos que eu mais gostei.
Sinopse: Em um futuro próximo, o envelhecimento passou a ser controlado para evitar a superpopulação, tornando o tempo a principal moeda de troca para sobreviver e também obter luxos. Assim, os ricos vivem mais que os pobres, que precisam negociar sua existência, normalmente limitada aos 25 anos de vida. Quando Will Salas (Justin Timberlake) recebe uma misteriosa doação, passa a ser perseguido pelos guardiões do tempo por um crime que não cometeu, mas ele sequestra Sylvia (Amanda Seyfried), filha de um magnata, e do novo relacionamento entre vítima e algoz surge uma poderosa arma contra o sistema e a organização que comanda o futuro das pessoas.


Gattaca (1997)

Eu gosto bastante do Ethan Hawke (ou como eu tenho preguiça de escrever o nome dele falo simplesmente "o pai do Boyhood") e estava procurando filmes dele para assistir. Assim como os livros eu nem leio sinopses dos filmes e acabei me surpreendendo com esse filme.

Sinopse: Num futuro no qual os seres humanos são criados geneticamente em laboratórios, as pessoas concebidas biologicamente são consideradas "inválidas". Vincent Freeman (Ethan Hawke), um "inválido", consegue um lugar de destaque em corporação, escondendo sua verdadeira origem. Mas um misterioso caso de assassinato pode expôr seu passado.


A.I. - Inteligencia Artificial (2001)

Eu não faço o tipo "a chorona", mas meus amigos: Esse filme me abala as estruturas. Se você ainda não viu, então veja... Simplesmente assista.
Sinopse: Na metade do século XXI, o efeito estufa derreteu uma grande parte das calotas polares da Terra, fazendo com que boa parte das cidades litorâneas do planeta fiquem parcialmente submersas. Para controlar este desastre ambiental a humanidade conta com o auxílio de uma nova forma de computador independente, com inteligência artificial, conhecido como A.I. É neste contexto que vive o garoto David Swinton (Haley Joel Osment), que irá passar por uma jornada emocional inesquecível.


Uma Noite de Crime (2013)

Tava eu lá procurando filmes para assistir com o pai do Boyhood e apareceu esse. Já tinha visto alguns comentários sobre ele mas nem tinha dado atenção e acabei me surpreendendo com o quanto eu gostei dele. Pelo menos atualmente ele é o preferido do gênero (eu sempre vou mudando de preferido pra tudo).
Sinopse: Em uma América devastada pelo crime, o governo sancionou um período de 12 horas anuais em que toda e qualquer atividade criminosa, incluindo assassinato, é legal. A polícia não pode ser chamada e os hospitais suspendem ajuda. É uma noite em que a cidadania se regula sem pensamento de punição. Nesta noite atormentada pela violência e por uma epidemia de crime, uma família luta com a decisão de quem eles se tornarão quando um estranho bate à sua porta.

Um filme que eu quero assistir


Metrópolis
(1927)

Sempre que falam sobre filmes distópicos citam Metrópolis (inclusive como um clássico do gênero). Eu sempre tive curiosidade de assisti-lo e ele está disponível no Ytube bonitinho, mas alguma coisa nele me da medo e eu ainda não tive coragem de dar o play. Alguém aí já viu?
Sinopse: O ano é 2026, a população mundial se divide em duas classes: a elite dominante e a classe operaria; esta condenada desde a infância a habitar os subsolos, escravos das monstruosas máquinas que controlam a metrópolis. Quando o filho do criador de Metrópolis se apaixona por Maria, a líder dos operários, tem inicio a mais simbólica luta de classe já registrada pelo cinema.

E aí, gostaram? Quais são os seus preferidos?



 
Copyright © @kzmirobooks. Designed by OddThemes