Um Céu além da Tempestade, de Sabaa Tahir

Eu nem acredito que consegui começar e terminar uma série este ano. Obrigada, Uma Chama Entre as Cinzas por ser um cristalzinho 💎 de livro e me fazer ficar com mais e mais vontade de ler sobre esses personagens tão maravilhosos.

Eu acho que já falei tantos dos personagens das resenhas anteriores que fica praticamente sem muito o que dizer. Laia, por exemplo, permanece sendo a personagem forte que se tornou ao longo dos dois primeiros livros e aqui ela está mais do que determinada a acabar com o Portador da Noite. Todo o seu sofrimento durante todos os livros estão tão no fundo de seu coração que no momento em que ela solta tudo para fora além de dar uma sensação de alivio também nos da tristeza por ela ter que passar por tudo isso com apenas 18 anos. Não vou negar que em diversos momentos eu senti um pouco de raiva dela, já que em momentos críticos o seu emocional tomava conta mais do que a razão e ela acabou ferrando com alguns planos por isso.

Acho que neste livro os maiores destaques para mim foram Elias como Apanhador de Almas e a própria Helene, minha favorita. Elias agora está tomado pela magia de Mauth e toda a sua vida passada deve ser deixada para trás, incluindo Laia. Em alguns momentos esse foi um ponto chato na trama, mas ao mesmo tempo ele mostrou que Elias nunca poderia deixar de ser quem é: Máscara, marcial, amigo, amante, filho e neto. A vida como Apanhador de Almas não é para ele, pois há tantas coisas aqui que ele precisa viver e fazer, por isso Laia acaba atrasando alguns de seus planos para mostrar a ele tudo isso. Para mim a história acaba ficando um ritmo lento nessas partes e deixam o livro com a impressão de ser muito maior do que ele já é.

    Leia mais:

    Resenha: Uma Chama entre as Cinzas
    Resenha: Uma Tocha na Escuridão
    Um Assassino nos Portões

Agora vamos conversar sobre Helene, a Águia de Sangue. Seu inicio na série foi bem ruim, ela tinha potencial para ser vilã, mas particularmente eu sempre achei que coisas grandiosas seriam feitas com ela. Fico muito feliz por não ter errado nessa suposição, já que ela se tornou muito mais do que eu imaginei que ela se tornaria. Sua posição de poder exige uma personalidade forte, até mesmo brava e sem demonstrações de afeto. Ela consegue transparecer isso para muitos, mas obrigada Sabaa Tahir por nos colocar na mente dela. Eu sofri tanto com ela em todos os livros e agora que eu achei que ela teria um pouco de paz as desgraças continuam acontecendo. É difícil para alguém como ela demonstrar ser forte quando todos que ela ama se vão de formas tão violentas. Meu ódio pela Comandante Keris aumentou mais e mais neste livro e como eu desejei seu sofrimento em todas as páginas.

"Nunca foi um. Sempre foram três. A Águia de Sangue é a primeira. Laia de Serra, a segunda. E o Apanhador de Almas é o último. A Mãe guarda todos eles. Se um fracassar, todos fracassam."

Outro aspecto que gostei bastante no livro foram os (poucos) capítulos do Portador da Noite. É interessante entender um pouco mais da sua história por ele mesmo e como a sua sede de vingança o consome mais e mais a cada dia. Algo que ele vem guardando a milênios. Isso não faz com que eu goste dele, mas o compreenda um pouco mais.

Não é de se negar que o livro é longo, com 490 páginas e algumas enrolações como já citadas acima. Mas a autora consegue fechar uma história como esta muito bem e com um final que ninguém pode dizer que foi corrido, já que apenas para a guerra final e conclusão ela reservou cerca de 100 páginas, todas muito bem descritas e com mortes o suficiente para fazer os leitores ficarem com raiva e chorar de tristeza.

Estou aliviada por ter finalizado essa série, mas muito triste por saber que não terei mais desses personagens incríveis. Mesmo sem os conflitos do livro eu gostaria de saber como será a vida adulta de Laia, Elias e Helene e se eles conseguirão fazer todas as cosias que almejam para serem felizes.

📚

Título: Um Céu além da Tempestade (A Sky Beyond the Storm) • Série: Uma Chama Entre as Cinzas #4 • Autora: Sabaa Tahir • Editora: Verus • Tradução: Jorge Ritter
Compre o livro aqui
Compre na Amazon com esse link e ajude o blog

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Amei a resenha. A capa está linda demais, meu Deus.
    Ainda não li a série, mas já está finalizada super vou começar.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá...
    Parabéns por ter conseguido começar e terminar uma série em apenas um ano... eu sou bem enrolada com series haha
    Amei seus comentários sobre essa e, é claro, já deixei aqui anotado na minha interminável lista de desejados.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita! ♥ Se gostou do post deixe seu comentário com suas impressões sobre o texto.

Caso você tenha um blog não esqueça de deixar seu link que eu irei retribuir sua visita.

IMPORTANTE
Os comentários publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores e não refletem a opinião da blogueira.

Contato: silvianecasemiro@gmail.com