Resenha: Depois

Mockup de Freepik
Logo após finalizar a leitura de O Iluminado a leitora aqui já resolveu se aventurar em mais um livro do Stephen King, agora um lançamento. Depois é um livro que me fez grudas em suas páginas de uma forma que O Iluminado não conseguiu, mas sem comparações vou dizer que eu amo muito essa "nova fase" do autor. Acho que eu preciso entender um pouco o conceito de história de terror que eu tenho, pois esse livro vem como um livro de terror e até mesmo o personagem tenta enfatizar isso algumas vezes, mas eu não achei que o livro realmente seja um terror. Parece um suspense com elementos fantásticos bem interessante. Talvez a parte de terror seria a ais visual, em relação aos mortos que ele vê, mas mesmo nas minhas mais férteis imaginações eu não ficaria com medo desses fantasmas.

Jamie Conklin está contando a história depois, que nós vamos descobrindo ao longo da história o que realmente quer dizer esse depois. Desde criança ele vê pessoas mortas e, às vezes, até conversa com elas. Assim ele descobriu que os mortos são incapazes de mentir e isso pode até ser vantagem quando o autor que sua mãe gerencia morre sem deixar o fim de sua saga pronto e eles precisam desse dinheiro mais do que tudo. Essa habilidade só não é muito boa quando a ex-companheira de sua mãe tenta usa-lo para se dar bem no trabalho. Apesar de ser muito novo quando a história acontece ele consegue ser bastante maduro quanto a sua responsabilidade e após desabafar com um amigo muito inteligente e que ajuda-o ele parece compreender melhor o que ele pode ou não pode fazer com essa habilidade.

Meu problema com Stephen King em livros antigos sempre são as suas longas descrições de pessoas e acontecimentos passados que às vezes dão a impressão de não ser legal para a história e a vantagem de ele escrever um livro curto como Depois é que ele deixa de lado tudo isso e a experiência de leitura se torna muito melhor, muito mais dinâmica e com aquele anseio de ler, ler, ler e querer saber mais. Se a narrativa fosse dessa forma eu, tranquilamente, leria mais umas 300 páginas dessa história (mas não são necessárias, pois ele conta tudo de forma correta nas poucas que o livro tem).

Stephen tem sacadas muito legais em seus livros e muitas vezes usa algumas referencias nas histórias, aqui por exemplo há o clássico "eu vejo gente morta" de O Sexto Sentido e até advogado de sobrenome Grisham, que remete ao autor John Grisham que também é advogado. Ele já fiz isso em outros de seus livros e sendo quem ele é sempre irá fazer. A ideia de colocar um autor de uma saga famosa pode até ser uma própria referencia de Misery, sem a parte creepy, ou até mesmo qualquer autor que possui saga interminável e que, algumas, não possui final até a morte do autor (Oi, George R. R. Martin).

Meu único problema com o livro foi o final. Acho que reclamar de final de um livro do Stephen King é até comum, né? Mas aqui só aconteceu uma coisa que eu achei desnecessária, que foi basicamente tentar explicar a condição do personagem e acabou deixando uma ideia um pouco estranha, apesar de até crível pensando em um universo Stephen King. Acho que não há necessidade de explicar o motivo do personagem ter a habilidade que tem, pois o leitor simplesmente aceita ele assim e pronto, a história fica perfeita dessa forma. De qualquer maneira  Depois é um ótimo livro, bastante divertido e que tenta dar medo.

📚

Título: Depois (Later) • Autor: Stephen King • Tradução: Regiane Winarski • Editora: Suma de Letras

COMPRE O LIVRO AQUI | ASSINE A NEWSLETTER DO BLOG

CONVERSATION

3 Comments:

  1. Silviane!
    O que mais admiro em King é justamente essa multiplicidade de estilo que ele acaba imprimindo em seus escritos.
    Claro que ele é conhecido como o mestre do terror, porém tem livros dele que fogem um pouco desse terror que conhecemos e tras uma sensação mais de horror que de terror e ainda tem outros estilos.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Confesso que não conhecia esse livro do King.
    Não li nenhuma obra dele, apesar de ver algumas adaptações.
    A premissa desse livro parece ser bem interessante.


    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Nunca li nenhum livro do Steven King pois náo curto terror .
    Estou vendo muitas resenhas positivas desse livro .Quem sabe futuramente eu venha ler algum livro dele desde que náo seja de terror

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita! ♥ Se gostou do post deixe seu comentário com suas impressões sobre o texto.

Caso você tenha um blog não esqueça de deixar seu link que eu irei retribuir sua visita.

IMPORTANTE
Os comentários publicados nesse blog são de inteira responsabilidade dos seus autores e não refletem a opinião da blogueira.

Contato: silvianecasemiro@gmail.com