Qual sua melhor leitura de 2020?

16/12/2020

 

Imagem de Freepik

Eu amo quando chega final de ano e todos comentam as suas melhores leituras do ano. <3

Esse ano, para mim, foi bastante atipico, pois consegui ler várias coisas fora da minha zona de conforto e agora cheguei em um momento  que me questiono qual o meu gênero literário favorito. Antes eu amava uma distopia com um pé nas fantasias e hoje eu me vejo lendo livros de sociologia e biografias, que há alguns anos eu virava até o nariz. Os romances praticamente abandonei e, infelizmente, são poucos YA que me deixam feliz, sabe? Então eu posso ficar feliz em pensar que minhas leituras tem coisas diversas.

Então hoje eu vou listar 5 das minhas leituras favoritas e depois quero saber o seu top 5, ok? Eu não vou listar por ordem de favorito pois cada livro teve um impacto diferente, além de serem de generos diferentes. Então vai ser basicamente por ordem de leitura.


ELA DISSE

Esse foi o primeiro livro que finalizei em 2020 e eu acho que graças a ele eu passei a ver esse ano como uma forma de conhecer o mundo real através da leitura. A resenha dele eu publiquei no Roendo Livros e você pode ler clicando aqui.


A COR PÚRPURA

Esse livro é tão incrivel que eu acho que todos deveriam ler. Ele é triste pois machuca o leitor como qualquer outro livro é incapaz de ler e é lindo pois mostra o amor de duas irmãs separadas e a esperança de se reencontrarem. Leia a resenha aqui.

NÃO ME ABANDONE JAMAIS

Mais um livro que mexeu com as minhas estruturas de leitora. Eu já havia assistindo a adaptação desta obra anos antes de ler e foi incrível como consegui me conectar muito com esses personagens e sentir suas agonias durante a leitura. Leia a resenha aqui.


O TIMBRE

Minha ansiedade para finalizar essa trilogia estava lá nas alturas e eu me sinto muito satisfeita ao saber que as minhas expectativas foram superadas. Resenha de O Timbre aqui.


OS SETE MARIDOS DE EVELYN HUGO

Esse chega até ser previsível com tantas pessoas que já favoritaram, né? Favoritei pela surpresa e toda a representatividade que o livro tem. Leia a resenha aqui.

E ai, quais seus favoritos?

Resenha: Nosso Lugar (Tabata Amaral)

14/12/2020

 


Hoje, pela primeira vez, a resenha será em vídeo. Então relevem minha timidez e falta de dicção kk

Aqui irei falar sobre o livro Nosso Lugar da deputada Tabata Amaral. Na presente obra ela conta sua jornada desde a infância até a universidade e em como isso a fez indo para a politica lutar pela educação. Deixando de lado todo o viés politico da autora (ela) e da blogueira (eu) o debate da educação é extremamente importante para a nossa sociedade e nunca será um assunto ultrapassado. Pouco conheço sobre as coisas que ela tem feito na politica mas após a leitura irei acompanhar um pouco mais de perto pois acredito que muito pode ser feito para melhorar o nosso sistema educacional.

Sem mais delongas assistam a resenha no IGTV.


Vamos conversar por aqui sobre o que você acha da jornada na Tabata.

Titulo: Nosso Lugar • Autora: Tabata Amaral • Editora: Companhia das Letras

Compre o livro aqui 

Presenteando com desconto

11/12/2020

 


O Natal é a época perfeita para presentear alguém com livros, concordam? Seja no amigo secreto da firma ou aquele em família um livro é sempre um presente maravilhoso e o mais valioso que alguém pode ganhar. Sabemos que esse ano foi difícil, então nada melhor do que dar o melhor presente com o melhor desconto, não é mesmo? Então aqui vai umas dicas de site que você pode conseguir alguns descontinhos com alguns cupons.

CUPOM VÁLIDO

Eu descobri esse site recentemente e já adorei. Tem cupons para Amazon, Submarino, Americanas e a loja oficial da Todolivro. Então da para presentear os amigos e até mesmo as crianças. Além desses sites que podemos comprar livros ainda há cupons para lojas como Dafiti, Marisa, 99, Aliexpress e muito mais. Clique na imagem para ser redirecionada direito ao site e conferir todos.

E claro, para ver direto os cupons disponíveis nas lojas em que amamos comprar livros só clicar nos links abaixo:






Agora me conta ai quais sites vocês mais usam para procurar cupons de desconto? 

 


Em uma live realizada para os parceiros da editora ontem, 10, a Paralela confirmou que o romance de estreia da autora canadense Ashley Audrain será lançado em Janeiro pelo selo da Companhia das Letras. Segundo a própria autora o livro é um "drama psicológico contado através das lentes da maternidade".

Primeiro livro da canadense Ashley Audrain, O impulso bateu recordes em sua apresentação em 2019, ao ter os direitos comprados por mais de 25 países em duas semanas, tornando-se a estreia mais aguardada de 2021. Até o momento, a obra já foi vendida em mais de 30 territórios e os direitos para cinema e televisão foram adquiridos pela mesma produtora de filmes como Era uma vez em Hollywood, História de um casamento e a franquia Harry Potter. O título chega ao Brasil no fim de janeiro pela Paralela, selo do Grupo Companhia das Letras.

O drama psicológico gira em torno de Blythe Connor, uma jovem que vem de uma família com maus exemplos maternos, algo que ela está determinada a mudar. Quando sua experiência com a primeira filha, Violet, se mostra muito mais cansativa do que havia imaginado, ela começa a achar que o bebê tem algum problema. Ou a preocupação seria fruto da imaginação da mulher? Seu marido, Fox, diz que ela está imaginando coisas e quanto mais ele descarta seus medos, mais ela começa a questionara própria sanidade. Ao leitor, pairam dúvidas até a última página. Quando Sam nasce, a protagonista sente a tão esperada conexão feliz com o filho. Até o momento em que um terrível acidente transforma e desfaz essa jovem família de uma maneira perturbadora. À história central, intercalam-se capítulos que traçam a história da mãe e da avó de Blythe. Com duras experiências de maternidade, entre os anos 60 e 80, as narrativas são marcadas por relações de culpa, rejeição e uma série de questões ligadas à saúde mental das personagens.

Alguns temas abordados na obra


Como dito no inicio do post a pré-venda do livro já está disponível e você adquiri-lo pelo link abaixo. O lançamento está previsto para 22 de Janeiro de 2021.

Compre aqui

O que eu espero?

Eu já havia ficado bastante interessada na imagem que a editora estava postando nas redes sociais para criar um mistério com a obra e agora por saber os temas abordados nela passei do interesse para o surto de ansiedade para aguardar chegar a prévia antecipada que os parceiros da editora poderão conferir.

Gosto muito de suspense e um thriller psicológico e envolvendo uma mulher, mãe, e todas questões de maternidade que são consideradas tabu eu fiquei muito hypada. 

Me acompanhe no Instagram pois eu ainda vou falar muito desse livro por lá.

TBR para 2021: 30 antes dos 30

09/12/2020


Todos os anos eu venho nesse blog e faço uma pequena lista de leitura que pretendo cumprir, entretanto todos os anos eu falho nessa missão e acabo não lendo nem metade do que planejei. As vezes é preguiça de sair da zona de conforto, as vezes é simplesmente a vontade de ler outras coisas urgentes primeiro.

Em 2021 eu irei entrar na casa dos 30 e vi alguns desafios por ai do 30 livros antes dos 30 e acabei gostando da ideia. Como a minha meta de leitura anual é sempre 50 livros bater os 30 parece fácil (e eu preciso torcer para não acontecer nenhum problema que me faça atrasar as leituras).

Optei por alguns clássicos pois eu sinto certa necessidade em ler clássicos, livros que tantas vezes são atemporais. E alguns de literatura moderna pois viver de clássicos é difícil, né? 

Eu já sei que não vou conseguir cumprir todos, mas eu gosto de me iludir. Segue a lista (que eu vou atualizando conforme for fazendo a leitura com as resenhas).

  1. 1984
  2. Amada
  3. Caim
  4. Casa dos Espíritos, A
  5. Contato
  6. Corcunda de Notre-Dame, O
  7. Drácula
  8. Enigma de Andrômeda, O
  9. Eu, Robô
  10. Evangelho Segundo Jesus Cristo, O
  11. Ilha do Dr. Moreau, A
  12. Iluminado, O
  13. Laranja Mecânica
  14. Letra Escarlate, A
  15. Lobo da Estepe, O
  16. Máquina do Tempo, A
  17. Middlesex
  18. Moby Dick
  19. Morro dos Ventos Uivantes, O
  20. Mrs. Dalloway
  21. Pequeno Príncipe, O
  22. Peste, A
  23. Reparação
  24. S
  25. Senhor das Moscas, O
  26. Sol é para Todos, O
  27. Trilogia de NY, A
  28. Vermelho e o Negro, O
  29. Vidas Secas
Os livros em verde são os que eu já tenho na minha estante, então estou priorizando esses por questões óbvias.

E ai, qual a sua tbr para 2021?



Resenha: Segure Minha Mão

07/12/2020

 


Com um plano de fundo da guerra polaco-soviética o autor Guille Thomazi conduz um romance épico que não é para poucos. Digo isso pois a obra segue uma narrativa em terceira pessoa alternando com parágrafos curtos e acontecimentos rápidos, além de repetições que pode cansar alguns leitores que não estão habituados (inclusive eu). Acima disso o livro Segure Minha Mão nos força a ler mais, torcer e sofrer junto com o personagem, e por fim sentir raiva do autor.

A premissa da obra é a busca de Olek por sua esposa em meio a guerra pois acredita que somente ela tem como salvar sua filha nascida prematuramente e que sofre de nanismo primordial. Ekaterina sai de casa após o parto, onde acredita que deu a luz somente a uma criança já morta. Em um território tomado pela guerra e miséria nós acompanhamos esse homem que não desiste nem por um momento de salvar sua filha e mais do que isso um personagem que mesmo diante de todas as tragédias que presencia, desde sua infância, não perde a sua dignidade e caráter. Talvez seja por isso que o personagem seja tão cativante, mesmo quando a obra em si não parece querer deixa-lo assim. Minha impressão principal da história é que ela está sendo nos contada em uma noite ao redor da fogueira, sabe? Então dessa forma não há a intenção de fazer com que nos apeguemos a Olek e sim somente acompanhar sua jornada. 

Eu tive algumas dificuldades em lidar com alguns acontecimentos durante a leitura. A maioria das coisas que envolvem os lobos cria um aspecto misterioso e até fantasioso que eu não esperava encontrar em uma obra como essa e todos os acontecimentos de guerra que Olek presencia ou, em alguns momentos, participa, são difíceis de ler pela velocidade em que as coisas passam a acontecer.. Talvez o motivo seja minha falta de habito a ler livros escritos dessa forma ou talvez por isso ser algo que realmente me incomoda como leitora em um livro. Sobre ser incomodo acho muito bom, afinal é importante como leitora, e alguém que fala de livros na internet, sair da zona de conforto de vez em quando e poder conhecer novas narrativas.

Título: Segure Minha Mão • Autor: Guillhe Thomazi
Editora: Patúa • Recebido em parceria com Oasys Cultural

Compra o livro aqui

Para os participantes do Top Comentarista de Dezembro: Comentar na postagem do Instagram. Os comentários do blog não serão computados para o tc do mês. Os textos são iguais. Obrigada.

Você REALMENTE lê tudo que compra?

04/12/2020



Nos últimos dois meses rolaram promoções gigantes na Amazon, e a tradicional feira da USP esse ano foi online, então os leitores estavam com opções e mais opções para gastar. Mas quando eu vejo todos os reels sobre gastos com livros, ou sobre se enfiar em divida por causa dessas promoções eu me pergunto o quando foi que a comunidade literária deixou de se importar com o conteúdo dos livros para se importar com a estética que ele trás ao ambiente e principalmente ao feed.

Eu falo isso pois já tive a minha fase de gastar tudo em livros e a maioria dessas livros eu nunca nem li e hoje estão na biblioteca da minha cidade, talvez pegando poeira ou talvez sendo lidos por alguém. Será que era só uma fase e hoje não gosto mais tanto assim dos livros? Pelo contrário, continuo amando eles, mas esse consumo desenfreado me fez perceber que eu não estava valorizando aquilo que o livro deve me trazer de melhor, aquilo que ele serve para fazer. O que adianta eu ter muuuuitos livros na estante que eu não li e por consequência não absorvi nada do que ele poderia me ensinar? 

Claro que não da para deixar de lado o fato de que muitos livros na estante deixa a estante bonita e isso vira cenário para os fotos do feed ou que juntar pilhas de caixas e postar reels, stories e fazer igtv com o unboxing pode gerar um ótimo engajamento pois o jovem consumidor de livro da Amazon está acostumado a necessitar de aprovação dos outros nas redes sociais. 

Se as pessoas não estivessem tão preocupadas com a quantidade de livros que irão comprar e sim com a qualidade dos mesmos, ou com o que aquela história vai de fato te proporcionar no momento em que você a lê, então muitos poderiam valorizar um pouco mais as livrarias que tem pessoas ali realmente engajadas na representação do livro na sociedade e na sua formação.

Enfim, um pequeno desabafo sobre o consumo exagerado de livros que nunca serão lidos. E bom, antes que alguém se dê ao trabalho de falar: eu sei, o dinheiro é seu e você tem todo o direito de gastar com coisas que nunca vai usar/ler.

O famoso recebidos do mês

03/12/2020



Se tem uma coisa que blogueiro ama é mostrar o que andou recebendo, né? Então como Novembro foi um mês bem cheio de livros na cabine do porteiro resolvi ostentar um pouco. Se gostar de algum livro e quiser comprar só clicar na capa deles. <3

Eu recebi três livros referentes a parcerias


Segure Minha Mão - Guille Thomazi


Segure minha mão é uma história de violência e afeto, desespero e conforto, mas sobretudo de bravura e dignidade. Em uma região estrangeira (no início do século XX) devastada por guerras e invasões de exércitos inimigos, o protagonista Olek, gago e epilético, procura pela esposa desaparecida. Deixa a filha pequena, de corpo frágil e saúde instável, isolada, no meio da estepe, além do alcance de qualquer mal. Mas a chave para a salvação da criança se encontra com a mãe, que pode estar viva ou morta. Olek segue sua jornada como um herói clássico, resiliente, cujas virtudes nunca são dobradas pelas circunstâncias. Enfim, uma ode à decência em meio à deterioração humana.

Recebido em parceria com Oasys Cultural


Yelessar - Roberta F. F.


Nesta obra você conhecerá a trajetória de um guardião e seus irmãos em busca de ativar e solidificar a Oitava e a Nona Hierarquia Divina. Em outra esfera e distante de sua pátria original, Yelessar, um ser divinizado, reencarna afim de redescobrir todas as suas faculdades espirituais e concluir uma luta milenar. Treinamentos, iniciações, obstáculos e tentações fazem parte do caminho desses irmãos, que além de usarem todo seu conhecimento, precisarão também saber lidar com suas emoções e sentimentos para não caírem dentro de suas próprias trevas. A luta dolorosa pela manifestação da Unificação Divina, que exigirá Sacrifícios em nome do amor, está prestes a iniciar.

Recebido em parceria de ação com Madrepérola

Stephen Hawking: Histórias de fisica e de uma amizade - Leonard Mlodinow 

Recordando quase duas décadas como colaborador e amigo de Stephen Hawking, o físico e autor best-seller Leonard Mlodinow retrata aqui, de uma forma singular e profundamente pessoal, um ser humano fora de qualquer expectativa.
É através das memórias de Mlodinow -- já consagrado como um dos melhores escritores de ciência da atualidade -- que nos encontraremos com Hawking, o icônico cientista que formulou uma teoria pioneira sobre os buracos negros, abrindo um novo caminho para a física investigar as origens do universo. Conheceremos também Stephen na vida privada, o homem e o amigo, acometido por uma doença que limitava sua capacidade de comunicação a seis palavras por minuto, mas que ainda assim conseguia pontuar suas conversas com humor.
Exímio contador de histórias, Mlodinow revive os anos de parceria entre os dois e tudo o que essa grande amizade lhe trouxe -- aprendizados sobre a natureza e a prática da física e um fabuloso exemplo de superação. Uma perspectiva íntima e inspiradora da vida e da obra de uma das mentes mais brilhantes do nosso tempo.

Recebido em parceria com Companhia das Letras


Na mesma proporção que recebi de parceiros eu também comprei, pois ninguém é de ferro.


O Timbre - Neal Shusterman

Eu já li, mas eu preciso ter ele na coleção com os outros dois da trilogia.

A humanidade alcançou um mundo ideal em que não há fome, doenças, guerras, miséria... nem morte. Mas, mesmo com todo o esforço da inteligência artificial da Nimbo-Cúmulo, parece que alguns problemas humanos, como a corrupção e a sede de poder, também são imortais. Desde que o ceifador Goddard começou a ganhar seguidores da nova ordem, entusiastas do prazer de matar, a Nimbo-Cúmulo decidiu se silenciar, deixando o mundo cada vez mais de volta às mãos dos humanos.
Depois de três anos que Citra e Rowan desapareceram e Perdura afundou, parece que não existe mais nada no caminho de Goddard rumo à dominação absoluta da Ceifa -- e do mundo. Mas reverberações das mudanças na Ceifa e da Grande Ressonância ainda estremecem o planeta, e uma pergunta permanece: será que sobrou alguém capaz de detê-lo?
A resposta talvez esteja na nova e misteriosa tríade de tonistas: o Tom, o Timbre e a Trovoada.



Flores para Algernon - Daniel Keys

Esse eu comprei no impulso e como tenho lido elogios a ele desde 2019 então fiquei com vontade de ler.

Delicado, profundo e comovente, Flores para Algernon é um clássico da literatura norte-americana. A obra venceu o prêmio Nebula e inspirou o filme Os Dois Mundos de Charlie, ganhador do Oscar de Melhor Ator, um musical na Broadway e homenagens e referências em diversas mídias.


História da Sociedade da Informação - Armand Mattelart 

Esse livro eu tive que comprar por causa da faculdade e no fim acabei achando interessante.

Para compreender a história da sociedade da informação, esta obra cruza o tempo longo e a perspectiva geopolítica. Atento às relações de forças, às continuidades e rupturas, o autor mostra o leitor a lenta gestação de uma promessa e de um projeto de reorganização do mundo. A originalidade deste livro está em avançar para além dos mtos, pelo questionamento dos axiomas que legitimam a noção de "sociedade da informação". Uma noção que, levada ao ápice pela internet, perdeu em seu meteórico trajeto a memória de suas origens.