Resenha: Passarinha


Há um bom tempo queria ler Passarinha, mas nunca surgiu a oportunidade. Quando fui parceira da Valentina o livro não estava disponível para solicitação e acabei que nunca comprei, até que assinei o KU e vi que ele estava disponível e para unir o útil ao agradavel o livro foi a escolha do mês para a leitura coletiva da Abandonados da LC.

Passarinha é um livro emocionante e que não da margem para o leitor se sentir despreparado, até pelo contrário. Caitlin tem 10 anos e é portadora de Síndrome de Asperger e recentemente perdeu seu irmão mais velho, o único que a entendia e a ajudava a compreender melhor o significado das palavras e atitudes das pessoas.


Quando iniciei a leitura de Passarinha achei que ser um livro triste sobre a condição da protagonista e principalmente sobre a morte de seu irmão, mas me surpreendi ao ver uma história delicada sobre uma criança aprendendo a lidar com o luto não apenas pessoalmente, mas de seu pai e de toda uma cidade. Caitlin está sempre aprendendo coisas novas, como a sentir empatia, palavras de educação e o quanto essas coisas podem ser benéficas para a sua convivência em sociedade, mas infelizmente nem sempre funciona como ela planejava já que sua maneira de entender tudo tão literalmente pode atrapalhar ao conversar com as crianças que não tem asperger. Enquanto lida com o luto Caitlin perceber que precisa encontrar um desfecho, não apenas para saber o significado dessa palavra mas para a vida e assim poder seguir em frente junto de seu pai.

O livro é lindo, delicado e um grande aprendizado. Foi minha primeira experiencia lendo uma obra onde a protagonista tem asperger e mesmo sabendo como é a síndrome é diferente ao ler algo em primeira pessoa. O modo como eles vêem e entendem o mundo é tão diferente e única e ao mesmo tempo difícil de compreender para quem esta de fora (nisso eu entendo um pouco o pai dela) que eu cheguei a conclusão que quem precisa ter empatia somos nós "normais" (entre aspas, pois Síndrome De Asperger não é nada anormal) para entender melhor as outras pessoas e todas as suas diferenças.

Passarinha é um livro curtinho e de fácil leitura, apesar de parecer que tem um tema mais pesado a autora soube deixar a história leve para quem quer se emocionar e ao mesmo tempo se sentir feliz pelos personagens. Uma leitura indispensável.

📚

Título: Passarinha (Mockingbird) • Autora: Kathryn Erskine
Editora: Valentina • Tradução: Heloisa Leal

Compre o link pelo link e ajude o blog

Share this:

9 comentários :

  1. Oii!
    Já tinha visto esse livro, mas nunca parei para ler a sinopse e saber um pouco mais da historia. Ao ler a resenha agora, fiquei muito curiosa para ler e saber o desfecho dela. Irei até anotar aqui na minha listinha!

    Blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir
  2. Eu ganhei esse livro de presente de aniversário do Cadu há uns anos porque eu sempre quis ler ele... Nossa, me emocionei demais com a história. É realmente uma experiência muito diferenciada estar na cabeça de uma personagem que está no espectro do autismo... Mas foi muito bom para me fazer entender pelo menos um pouco como a cabeça deles funciona. Tem um outro livro muito legal também com um personagem com Asperger, chama Em Algum Lugar nas Estrelas.

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Li esse livro algum tempo atrás. Apesar de ter sido uma leitura rápida fiquei bem tocada com a personagem. Imagino o quanto seja difícil conviver com a síndrome e o quanto se pode aprender com quem a tem. É um livro que deveria ser lido por todos.

    ResponderExcluir
  4. Aquela que se confundiu inteira e achou que ainda iria ter leitura desse livro tão elogiado!
    Nunca li algo com uma criança autista(só acompanho as séries na tv),mas tudo que li a respeito desse livro é emocionante demais!!!
    Espero sim, ainda poder ler ele!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livro, fiquei muito interessada agora. Como uma futura pedagoga acho que vai até me ajudar ler uma versão infantil sobre essa síndrome, vou aproveitar que estou com a assinatura do KU pra ler. Resenha muito boa, parabéns.

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bem emocionante. Pra ser sincero, ainda não conhecia essa Síndrome e me vi completamente curioso de ler o livro pra entender um pouco melhor sobre ela. A sensação de ler em primeira pessoa o que a personagem ver/sente deve ser bem diferente do que estamos acostumados a ler. Além disso, a autora parece ter uma escrita bem cativante!

    ResponderExcluir
  7. Há bastante tempo tenho evitado livros que fale sobre certos problemas ou doenças, pois me sinto muito sensível a determinados assuntos. Mas gostei da resenha e ainda mais pelo livro não ser longo, isso é importante. Mas gostei do que li e quero muito ler esse livro.

    ResponderExcluir
  8. Silviane!
    Adoro livros que tratam assuntos importantes de forma delicada.
    Há muito escuto falar do livro,, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Tão bom quando um livro nos mostra que nosso ponto de vista não é o único certo e que podemos ver as situações de formas diferentes e ir em busca de novas soluções.
    Imagina isso em uma criança autista? Deve ser fantástico?
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir
  9. OLA
    Eu já vi muita gente elogiando esse livro mas nunca tinha lido resenha sobre ele .não fazia ideia do que se tratava .
    ainda não li nenhum livro com esse tema mas deve ser bem emocionante , sei pouco sobre essa sindrome .
    desejo ler sim

    ResponderExcluir



 
Copyright © @kzmirobooks. Designed by OddThemes