Porquê você deve ler "A Escola do Bem e do Mal"


Recentemente eu me deparei com a noticia de que A Escola do Bem e do Mal terá uma adaptação pela Netflix e fiquei super, mas super contente, pois adoro essa saga há uns bons anos e por ver que ela não é tão famosa assim nunca imaginei que haveria alguma chance de ela ser adaptada. Pois bem, chegou a nossa hora. Por mais que a série seja bem vista aqui no Brasil e o autor até tenha participado de uma Bienal do Livro em São Paulo (e eu fico tão triste por não ter ido no dia que ele foi) ainda acho que é uma saga que deveria ser mais divulgada pela editora (principalmente agora, né). Então hoje resolvi listar alguns motivos para você ler hoje mesmo A Escola do Bem e do Mal.


Contos de Fadas

Eu sei que muuuitas leitoras simplesmente amam aquelas histórias clássicas de contos de fadas que são aclamadas pela Disney (eu aposto que você é uma dessas) e por isso mesmo que você deve ler essa saga. Em A Escola do Bem e do Mal temos uma escola onde as moças boazinhas aprendem ser princesas e os monstros malvados aprendem a ser monstros e eles criam a sua própria história com seus nêmesis à partir de suas histórias ali na escola. Claro que A Branca de Neve, Cinderela, e Bela Adormecida são umas das mais famosas por ali, assim como o Barba Negra é um dos vilões mais famosos (mesmo que não seja muito bem sucedido).

Nada é o que parece

Temos o péssimo costume de julgar a todos pelas suas aparências e essa saga vai nos mostrar de uma forma simples que as coisas não são bem assim. Agatha é uma jovem que sempre viveu a margem da sociedade e tinha tudo para ser uma vilã, mas se surpreende quando vai parar na escola do bem ao invés na escola do mal e faz de tudo para trocar de lugar com sua melhor amiga, Sophie, que sempre sonhou em ir para a escola do bem e se tornar uma princesa. Será que foi realmente um erro? Ao longo de todos os livros vamos vendo as mudanças das personagens e refletindo sobre essa decisão do diretor da escola. Claro que elas não são as únicas personagens que nos obrigam a refletir sobre isso, já que com tantos personagens maravilhosos a saga só poderia ser um leve "tapa na cara" de quem julga os outros.

+ Leia a resenha de A Escola do Bem e do Mal

Além das aparências...

Uma boa história por si só não iria focar o tempo inteiro sobre julgar as pessoas pelas aparências e não decepcionando os leitores o autor passou a abordar outros temas na trama. Veja bem, a saga é infanto juvenil, portanto é muito importante ele abordar esses temas relevantes como homossexualidade, feminismo, femismo (sim!), além de relacionamentos entre amigos, família e no ambiente escolar. Pois é, pode parecer que tudo é uma grande confusão ali mas há uma abordagem leve e de fácil entendimento para que uma leitora jovem leia, entenda e claro, se apaixone pela história.

+ Leia a resenha de Um Mundo sem Principes

Montanha-russa de sentimentos

Todo leitor já leu aquele livro que mexeu de uma forma inexplicável, né? Eu garanto que A Escola do Bem e do Mal irá fazer isso. É uma história tão linda e tão emocionante que é quase impossivel não ter essa montanha-russa de sentimentos com a leitura. Há alguns plot twists que nos fazem arfar e pensar "como nunca pensei nisso antes? Isso muda tudo" e a história pega um novo rumo.Sério, essa saga é maravilhosa e garanto que você terá uma experiencia de leitura muito boa com ela.

+ Leia a resenha de Infelizes para Sempre

Infelizmente eu ainda não li o quarto livro da saga, mas estou me programando para isso o mais breve possível. Enquanto isso me resta esperar até a série sair, o que pode demorar um bom tempo ainda.

Compre os livros da saga e ajude o blog a crescer

Postar um comentário

0 Comentários